museu-de-aveiro
  • en

Museu de Aveiro

Notáveis coleções do Museu de Aveiro de temática ou função sacra.

As coleções integram núcleos de pintura, escultura, talha, azulejaria, ourivesaria, mobiliário e paramentaria. São na maioria provenientes do Convento de Jesus ou de outros conventos extintos da cidade e do País e documentam épocas diversas, desde o século XV ao século XX, com relevância para o período barroco.

O Museu de Aveiro está instalado desde 1911 no antigo Convento de Jesus da Ordem Dominicana feminina. Este convento, um dos mais antigos de Aveiro, remonta à segunda metade do século XV, fundado por D. Brites Leitão e por D. Mecia Pereira.

A Princesa D. Joana, filha de Afonso V, entra nesta casa em 1472 e aqui leva uma vida de santidade, que conduz à sua beatificação em 1693. O prestígio do convento ficou assim definitivamente associado à presença da Princesa Santa Joana e ao seu culto religioso.

O Museu de Aveiro apresenta um circuito de visita com duas partes distintas: o percurso monumental e a exposição permanente.

Destaca-se no piso térreo do convento o túmulo de Santa Joana Princesa, a Igreja de Jesus, o claustro, a sala do capítulo e o refeitório.

Digna de nota é a Igreja de Jesus, decorada com uma sumptuosa talha dourada e azulejos portugueses, exemplo da exuberância da decoração barroca. O coro interior contém o túmulo da Princesa Joana, obra-prima da arte barroca, em mármore multicor com elementos escultóricos influenciados pelo gosto italiano, sendo da autoria do arquiteto real João Antunes.

Fonte: DGPC ( www.patrimoniocultural.pt )